Condição:
Tipo:
Marca:
Modelo:
Ano:
de
a
Pés:
de
a
Valor:
de
a
Região:
* Utilize somente os campos desejados.
NOTÍCIAS NÁUTICAS

Complexo náutico catarinense comemora seis anos de operação e projeta ampliação para 2022

O setor náutico, que já vinha em crescente expansão, deu um salto de mais 10% em 2021 com movimentação de negócios em torno de R$ 840 milhões, segundo dados da Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e Seus Implementos (Acobar). A alta procura por embarcações refletiu em vários setores ligados direta ou indiretamente, como no caso das marinas. Na cidade catarinense de Itajaí, o complexo náutico que acaba de completar seis anos de atividades, encerrou 2021 com 100% de ocupação das vagas molhadas. Desde o início das operações, mais de 7.500 embarcações já passaram pela Marina Itajaí, sendo que 10% desses tinham origem internacional.

“Localização estratégica e equipamentos de última geração tornaram a Marina Itajaí referência internacional no setor náutico, posicionando o complexo como ponto estratégico para receber visitantes de outros países e embarcações que ultrapassam 180 pés. Temos, por exemplo, inúmeros veleiros estrangeiros que são clientes fixos da marina e vêm todo o ano para fazer manutenção, além de passar uma temporada na região o que reflete também em outros setores”, comenta o diretor o diretor da Marina Itajaí Carlos Gayoso de Oliveira.

Para atender à crescente demanda, a Marina Itajaí, que é uma das maiores do Sul do país, deve iniciar em 2022 as obras de ampliação do complexo, que hoje conta com 355 vagas, sendo 155 vagas secas e 200 vagas molhadas. “Ainda no primeiro semestre deste ano daremos início a ampliação e com isso vamos oferecer mais 70 vagas molhadas para a ancoragem de embarcações”, explica Oliveira.

Investimento contínuo

Além dos R$ 50 milhões investidos na estruturação do local, ano a ano, a Marina Itajaí anuncia continuamente ampliações e melhorias. Em 2021, por exemplo, foram investidos mais de R$ 1,2 milhão na expansão da área comercial. A nova alameda ampliou o mix de lojas e serviços da Marina Itajaí, que hoje possuí 25 lojas e de serviços náuticos, além de restaurantes e café gourmet.

Também em 2021, a Marina Itajaí ficou em segundo lugar na categoria “Excelência em Marina” do Prêmio Bombarco Baleia de Ouro 2021, maior premiação náutica do país. Outra conquista de 2021 foi o selo inédito da Bandeira Azul para a temporada 2021/2022. O prêmio internacional comprova que no local há turismo sustentável, educação e gestão ambiental.

Incremento no turismo e na economia

Além de deixar a paisagem da baía Afonso Wippel ainda mais bonita, a Marina Itajaí também contribuiu para incrementar o turismo local. “A Marina não é somente um equipamento náutico, é um atrativo para a cidade de Itajaí e para Santa Catarina. Mudou a imagem da cidade e da avenida Beira-Rio. Além disso, tornou-se palco de inúmeros eventos, assim como um ponto de encontro dos amantes da náutica e de uma boa gastronomia. Sem dúvidas, a Marina Itajaí se tornou um ponto turístico e de entretenimento da nossa cidade”, declara o secretário de Turismo de Itajaí Evandro Neiva.

Também a economia local foi beneficiada com a chegada da Marina Itajaí. Apenas com a realização das cinco primeiras edições do Salão Náutico, o maior do sul do Brasil, foram gerados mais de R$ 200 milhões em negócios. Os eventos também atraíram mais de 40 mil visitantes. Neste ano, a expectativa é de superar os números das edições anteriores e gerar mais de R$ 60 milhões em negócios e ter a participação de mais de 80 marcas e exposições de embarcações de renomados estaleiros nacionais e internacionais, produtos e serviços náuticos, além de marcas de luxo. A feira será realizada de 7 a 10 de julho.

Os impactos na economia vão além. Segundo um estudo realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, uma instalação de apoio náutico com 300 embarcações impacta em mais de R$ 140 milhões a economia local por ano, e gera 780 postos de trabalhos diretos e indiretos.


Fonte: Redação - Foto: Divulgação

js